Convênio para ampliação do Pró-Genética é discutido em Brasília

07/04 às 16h

O diretor da ABCZ, Rivaldo Machado Borges Júnior, se reuniu essa semana, em Brasília (DF), com presidentes das empresas de assistência técnica e extensão rural de vários estados brasileiros. Na pauta do encontro, que foi realizado na sede da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer), esteve a ampliação do Pró-Genética.

Durante o encontro, Rivaldo mostrou detalhes do programa, como ações práticas e resultados. “Foi muito bom perceber a receptividade de todos os participantes. Logo após a apresentação, foi possível observar a intenção que Pró-Genética seja inserido imediatamente nos estados onde ele ainda não existe”, conta.

O diretor da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Rogério Monteiro Costa e Silva, participou do encontro e está entusiasmado. “No Mato Grosso, já houve uma tentativa de fortalecimento do Pró-Genética, mas não aconteceu como prevíamos. Com essa nova reunião e com os resultados que foram apresentados, percebemos a viabilidade do programa. Ficamos muito empolgados com tudo isso, e tenho certeza que aqui o Pró-Genética também será um sucesso”, diz.

Ainda durante a reunião foram apresentados detalhes de um convênio firmado entre ABCZ, Asbraer, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Ministério do Desenvolvimento Agropecuário (MDA), com o objetivo de fortalecimento do Pró-Genética. “É uma parceria muito importante já que a partir dela conseguiremos levar o programa a todos os estados brasileiros. E isso representa benefício para toda a pecuária. Possibilitar que todos os produtores rurais tenham acesso a touros melhoradores é fortalecer a cadeia produtiva de modo geral. Esse é o objetivo do Pró-Genética”, destaca Rivaldo, acrescentando que, durante a ExpoZebu, será criado um conselho gestor para aplicabilidade do acordo de cooperação técnica.

O presidente da Asbraer, Argileu Martins da Silva, que também participou da reunião em Brasília, reforçou a importância do programa para a democratização da pecuária de qualidade. “Conheço o Pró-Genética desde o nascedouro. É um programa muito importante, pois dá segurança ao produtor rural em adquirir um animal com certificado de qualidade. Outra vantagem é o conhecimento técnico que esse pecuarista recebe, a partir da orientação oferecida pela equipe”, salienta Silva.

Como ação prática do encontro novas reuniões já foram agendadas. Inclusive uma durante a abertura oficial da 83ªExpoZebu, em Uberaba, no dia 29 de abril. Até agora representantes de empresas de assistência técnica e extensão rural do Distrito Federal e quatro estados já confirmaram presença: Espírito Santo, Minas Gerais, Pernambuco e Maranhão.