Genética de touro destaque no PNAT embarca para Costa Rica

24/04 às 11h

As primeiras doses de um dos animais destaques no Programa Nacional de Avaliação de Touros Jovens (PNAT) da ABCZ embarcaram esse mês para Costa Rica. O material exportado é do touro Vigor da Água Boa, participante do programa no ano passado.

O Nelore, de 28 meses, é um dos touros jovens de maior avaliação no PMGZ e na ANCP. Top 0.1% no iABCZ. A mãe é doadora de destaque no plantel da Água Boa, filha de Galileu da Água Boa (1646 da MN), touro destaque e recordista de venda de sêmen. O pai é BITELO DS, pai de vários touros PNAT e destaques em Centrais de inseminação artificial. A venda do material genético foi feita pela Semex Brasil.

Para o gerente do Pró-Genética, Lauro Fraga, a exportação é mais uma prova de reconhecimento do importante trabalho desenvolvido pelo PNAT. “Estamos falando de melhoramento genético baseado em avaliação genética e características fenotípicas, e a gente sabe que essa é uma bandeira do PMGZ da ABCZ. Perceber o interesse de outros países na seleção que é feita aqui, é extremamente compensatório”, destaca.

Fraga ressalta ainda que esse não é único animal participante do programa a atingir um bom nível de reconhecimento esse mês. Durante a ExpoGrande, em Campo Grande (MS), o touro Radiado FIV de Tabapuã, Grande Campeão da ExpoZebu e classificado no PNAT 2015, conseguiu bons resultados. Durante a primeira participação com progênie jovem, ficou como terceiro colocado e fez as premiações Campeão Bezerro, com Barbaro FIV da GE 05, Campeã Bezerra, com Barca FIV da GE 05, e Reservada Campeã Bezerra, com Utinga de Tabapuã.

“Essa é mais uma prova de que estamos no caminho certo com o trabalho desenvolvido pelo PMGZ. E o mais importante é que toda a cadeia produtiva sai ganhando. Ter mais touros com genética comprovadamente superior no rebanho brasileiro, representa maior lucratividade para o setor”, explica o superintendente Técnico da ABCZ, Luiz Antonio Josahkian